NOVIDADES

Quijingue Impressions
2021 Single

O recente álbum, “Brazilian New” (2019/20), teve um excelente desempenho nas plataformas digitais, com mais de 60 mil streams, atingindo mais de 20 mil ouvintes no Spotify em 64 países, e em estações de rádio no Japão, Espanha, USA, Argentina, Reino Unido, Polônia, República Dominicana, entre outros.

 

Cruz lança o novo single “Quijingue Impressions”, com a participação da multipremiada pianista e compositora de jazz Charu Suri, que criou um novo som no jazz ao combinar sons Sufis e Ragas indianos. Suas improvisações de Raga foram anunciadas como ‘singulares’ pelo pianista e compositor mexicano, Arturo O'Farrill, vencedor de vários Grammys. Charu Suri é membro votante da Recording Academy (Grammys) e tornou-se a primeira compositora de jazz nascida na Índia a ter um trabalho de estreia no Carnegie Hall.

 

A canção ainda conta com a excelência de Manny Monteiro, baterista e produtor musical, que traz na bagagem dois Prêmios SHARP com "Ná", da cantora Ná Ozzetti (1995), e com "Canções de Ninar", de Sandra Peres e Paulo Tatit (Rumo), melhor Disco Infantil em 1994, além de atuar ao lado de grandes nomes da música mundial como: Orquestra de Gil Evans, David Sanborn, Bob Moses, Jaco Pastorius, Big Joe Turner, John Scofield, Arthur Maia, Hermeto Pascoal, Nico Assumpção e Jacques Morelenbaum.

 

“Quijingue Impressions” foi gravado em New Jersey no Studio Sound on Sound, e pelo engenheiro de gravação David Amlen, e em São Paulo no Studio CDAudio_Souza Lima pelos engenheiros de gravação e mixagem Manny Monteiro e Manoel Cruz.

Foto de capa: Adriano Damas @studiodamas.

 

Manoel Cruz – Contrabaixo Acústico

Charu Suri – Piano

Manny Monteiro – Bateria

CAPA SINGLE Quijingue Impressions.jpg
Brazilian News
2019 Album

O contrabaixista e compositor Manoel Cruz traz uma boa notícia para os apreciadores da música instrumental e do jazz. Seu saboroso álbum “Brazilian News” revela uma influência que o distingue do que tem se produzido majoritariamente na cena musical brasileira, nos últimos anos.

“Gosto muito de música latina. Sempre ouvi Irakere, Paquito D’Rivera, Arturo Sandoval”, diz o instrumentista radicado em São Paulo, explicitando sua afinidade com o jazz latino e os ritmos afro-cubanos. Aliás, uma influência muito saudável, que já contribuiu para enriquecer a música brasileira em outras épocas.

Essencial no elenco deste álbum é a presença de Gabriel Rosati, conceituado trompetista italiano que cultiva a sonoridade e o fraseado característicos do “latin jazz”. Essa herança musical está muito bem sintetizada na faixa “Fiesta Sunset”, contagiante composição de Cruz.

          “Costumo dizer que esse ritmo é uma ‘macumbia’. É o nosso jeito de tocar música latina”, define com bom humor o compositor e arranjador brasileiro. A gravação também destaca a participação do saxofonista dominicano Sandy Gabriel, mais um craque do jazz latino, que contribui com um solo cheio de energia.

           Outro destaque no repertório do álbum é o samba “Brazilian News”. A melodia é exibida pelo baixo elétrico de Cruz, que também assume na gravação os discretos vocais. A seu lado estão o pianista Ary Holland e Douglas Las Casas, parceiros experientes que já integram seu trio há alguns anos.

          “Gosto de deixar os músicos bem à vontade. Este é um disco feito no peito, na amizade mesmo. Devo muito a eles”, reconhece Cruz, que também conta com participações dos guitarristas Rogério de Oliveira, no envolvente “Samba D Boa”, e Aldo Landi, em “Caboclice”, um tema em ritmo ternário que vira jazz.

          Em meio a várias incursões jazzísticas, Cruz teve a ótima ideia de incluir no repertório uma releitura de “Lamento Sertanejo” (de Dominguinhos e Gilberto Gil), que serve de veículo para inspirados solos de Rosati e Holland. A bela melodia dessa canção é realçada pela interpretação sensível do contrabaixista.

          No final dos anos 1980, ao visitar a ilha de Cuba, o grande trompetista e compositor Dizzy Gillespie (1917-1993) arriscou uma previsão: a de que a música cubana, o jazz americano e a música brasileira se tornariam uma só, no futuro. Por enquanto, isso ainda não aconteceu, mas este álbum de Manoel Cruz demonstra a afinidade que une essas preciosas tradições musicais.

          Carlos Calado é jornalista e crítico musical. Seus textos mais recentes estão reunidos no blog Música de Alma Negra.

Brazilian News
2019

Ficha técnica:

Produção Musical e Arranjos - Manoel Cruz

Direção Musical - Ary Holland.

Contrabaixo Acústico/ Elétrico e Voz - Manoel Cruz

Trompete - Gabriel Rosati

Sax Tenor- Sandy Gabriel na Faixa Fiesta Sunset

Piano - Ary Holland

Guit – Aldo Landi na faixa Caboclice

Guit e voz - Rogério de Oliveira na Faixa Samba D’Boa

Bateria - Douglas Las Casas

 

Gravação,Mixagem e Masterização - Estúdio Origem

Gravado, Mixado e Masterizado por Manoel Cruz e Ary Holland

Foto de Capa - Adriano Damas

Arte Gráfica - Mario Netto

 

 Agradecimentos:

Agradeço a estes músicos maravilhosos que deixaram um pouco de seu coração e alma neste Cd. E a todos os amigos que direta ou indiretamente ajudaram a realizar este projeto.

Manoel Cruz CAPA DIGITAL FINALIZADA.jpg
Under my Soul.
2012
ManoelCruz-UndermySoul.jpg

Gravado de um concerto no Teatro Humboldt SP em 2010 e lançado em CD / DVD "Under My Soul".

Com composições próprias e releituras da música mundial. Com um toque de música regional brasileira (baião, samba jazz) e jazz contemporâneo.

Manoel Cruz - Baixo Elétrico e Contrabaixo
Denys Cristian - Guitarra acústica
Iuri Salvagnini - Piano
Dino Daia - Saxofone Alto e Flauta
Ricardo Barreto - Bateria
Marcelo Malli- Percussão


Produtor executivo: Marcos Chomen
Produtor de música: Denys Cristian
Direção de Arte: Marcos Chomen
Fotografia de capa: Adriano Dammas
Arte & Design: Guilherme Raffide
Teatro Humboldt Produtor: Pedro Grzywacz Neto
Áudio Enginneer: Gorges Grenier
Assistente de Produção: Ale Mazagão
Gravação: Cauê Alves
Mixagem Estúdio Novos Tons (www.novostons.com.br)
Mixing Enginneers: Manoel Cruz / Denys Cristian

Alcatéia
2002

Produzido por Manoel Cruz
Arranjos Alcatéia
Gravações Estudio do SESC Vila Mariana
Técnico - João (Big John) Zilio
Auxiliar - Marcelo Dwrecki Autuoti ( Ligeirinho )
Gravações e Mixagem Estudio California
Técnico - Manoel cruz
Masterização - Bolieiro (MCK)
Capa - MCK

Grupo Alcatéia 
Marco Melito - Sax tenor, Alto e Flauta
Mauro Bastos - Piano e teclados
Manoel Cruz - Contrabaixo elétrico e fretless
Marcelo Malta - Bateria e Percussão

Músicos convidados
Bocato - Trombone na faixa 6
Denys Cristian - Guitarra e Violão faixas 2,3,7 e 8
Rogério de Oliveira Guitarra nas faixas 1,4,5 e 6
Antonio Valdetaro - Guitarra na faixa 10
Caio Muniz - Piano na faixa 11
Marcelo Malli - Percussão nas faixas 1,2,6 e 11

CAPA ALCATEIA.jpg